segunda-feira, 3 de maio de 2010

Tipos de sinalização

13 comentários:

  1. Sinalização Autócrina~> quando é capaz de agir sobre as próprias células que o produzem.
    Sinalização Parácrina~>Quando age em células vizinhas às que o produzem, sem que para isso tenha que atingir a corrente sanguínea.
    Sinalização Endócrina~> quando um hormônio age em células distantes ao seu local de produção, chegando até lá pela corrente sanguinea.

    ARUAN KAWALLY BIOMEDICINA TURMA: 302.2

    ResponderExcluir
  2. 1-AUTÓCRINA:ocorre quando a substância secretada pela célula afeta sua própria secreção futura.
    ex:regulação da contração muscular uterina pelas prostaglandinas durante o trabalho do parto.
    2-PARÁCRINA:ocorre quando a substância secretada pela célula afeta a secreção das outras células vizinhas.
    ex:mediação do tônus da musculatura lisa vascular pelo óxido nítrico,derivado do endotélio vascular.
    3-ENDÓCRINA:ocorre quando a substância secretadapela célula é liberada na correnta sanguínea e afeta a função de outros tecido.
    ex:insulina é secretada pelo pâncrias e aumenta a captação de glicose no músculo esquelético,fígado e tecido adiposo.

    GLÊCIANE BARBOSA SILVA

    ResponderExcluir
  3. SINALIZAÇAÕ AUTÓCRINA:ocorre quando a célula secreta substancias que afetam a função dela mesma,devido sua ligação a receptores na superfície celular.
    SINALIZAÇÃO PARÁCRINA:acontece quando a célula secreta substancias que difundem no liquido extracelular,prejudicando as células vizinhas.
    SINALIZAÇÃO ENDÓCRINA:ocorre quando as glândulas,ou células especializadas,liberam substancias químicas,ou seja,hormônios no sangue,influenciando a função das células em outros locais.
    ARIATHANNA araujo 302.2

    ResponderExcluir
  4. LUANA KAMILA-BIOMEDICINA-302.2
    Na sinalização autócrina as céluas secretam substâncias na qual agem nelas mesmas.
    Na sinalização parácrina elas secretam substâncias que afetam céluas viznhas.
    Na sinalização endócrina as celulas, ou glandulas, liberam as substâcias onde será afetada a função de um outro órgão.

    ResponderExcluir
  5. LUANA KAMILA-BIOMEDICINA-302.2
    Nas sinalização autócrina as céluas secretam substâncias que agem sobre elas mesmas.
    Na sinalização Parácrina elas secretam substâncias na qual prejudicam as células vizinhas.
    Na sinalização endócrina as células ou glândulas liberam substâncias que influem na função das céluas em locais diferentes

    ResponderExcluir
  6. endócrina – Torna possível a ligação de células distantes através de sinais químicos. As moléculas sinalizadoras são os hormônios. Atingem a célula alvo através da circulação sanguínea.
    Parácrina- Sinalização celular em que um fator secretado por uma célula afeta outras células no ambiente local.
    Autócrino- uma célula segrega um hormônio ou mensageiro químico, que se liga a receptores autócrina sobre a mesma célula, levando a alterações nas células.

    Renata Adna

    ResponderExcluir
  7. Audízio Júnior6 de maio de 2010 12:23

    Audízio Júnior

    Endócrinas ~ são produzidos por células endócrinas e viajam através do sistema circulatório até chegarem a todas as partes do corpo.

    Parácrinas ~ são enviados por apenas as células na “vizinhança” da célula emissora. Os neurotransmissores são um exemplo.

    Autócrinas ~ apenas afetam as células que são do mesmo tipo celular que a célula emissora. Um exemplo são as células do sistema imunitário.

    Também tem a função neuroendócrina ~ que é a transmissão de um sinal molecular de um neurônio ao longo de seu axônio e então para a circulação sanguínea ate a célula-alvo distante.

    ResponderExcluir
  8. 1- Sinalização endócrina-> O hormônio é secretado na circulação sanguínea com fins de atingir célula-alvo distante.

    2- Sinalização neuroendócrina-> É transmitido um sinal molecular de um neurônio pelos seus axônios neurais para a circulação sanguínea até chegar na célula-alvo distante.

    3- Sinalização autócrina-> É uma transmição de um sinal molecular por um líquido intercelular ou por junções comunicantes até células próximas e idênticas ou para a mesma célula de origem; por difusão local.

    4- Sinalização parácrina-> Acontece de uma célula para uma célula-alvo adjacente (por difusão local),também através de líquido intercelular ou por junções comunicantes.

    Júlio César

    Biomedicina 302.2

    ResponderExcluir
  9. Algumas moléculas sinalizadoras se difudem através da através da membrana plasmática e ligam-se a receptores dentro da célula-alvo, no citosol ou no núcleo como demonstrado. Muitas dessas moléculas sinalizadoras são hidrofóbicas e praticamente insolúveis em soluções aquosas; assim são transportadas na corrente sanguínea por proteínas carreadoras, das quais dissociam-se antes de entrar na célula-alvo.
    Siebrea Morais

    ResponderExcluir
  10. Kríssia Scherer7 de maio de 2010 12:30

    Mecanismo de sinalização hormonal:
    1 - Função autócrina: o hormônio não é liberado na corrente sanguínea, mas sim sobre a própria célula ou as extremamente próximas onde através da ligação com os receptores executara sua função.
    2 - Função parácrina: o hormônio é liberado e se difunde para o liquido extracelular (não caindo na corrente sanguínea) e atuara sobre células próximas, mas não sobre a glândula que o secretou.
    3 - Função endócrina: o hormônio e liberado por glândulas ou células especializadas na corrente sanguínea por onde chegam até as células alvo em tecidos ou órgãos distantes onde exercem sal função reguladora.
    4 - Função neuroendócrina: ocorre quando o hormônio e secretado por um neurônio através de seu axônio e após cair na fenda sináptica parte dele cai na corrente sanguínea indo exercer sal função em células em outros locais do corpo.

    ResponderExcluir
  11. Mecanismos de sinalização hormonal

    1- Sinalização autócrina - ocorre quando a substância secretada pela célula afeta sua própria secreção futura.
    ex:regulação da contração muscular uterina pelas prostaglandinas durante o trabalho do parto.


    2- Sinalização neuroendócrina- É transmitido um sinal molecular de um neurônio pelos seus axônios neurais para a circulação sanguínea até chegar na célula-alvo distante.

    3 - Sinalização endócrina - o hormônio e liberado por glândulas ou células especializadas na corrente sanguínea por onde chegam até as células alvo em tecidos ou órgãos distantes onde exercem sal função reguladora

    ResponderExcluir
  12. Os hormônios podem ter atividade: autócrina, parácrina e endócrina. Dizemos que um hormônio tem atividade autócrina, quando é capaz de agir sobre as próprias células que o produzem. Já quando ele age em células vizinhas às que o produzem, sem que para isso tenha que atingir a corrente sanguínea, falamos em atividade parácrina. E, finalmente, quando um hormônio age em células distantes ao seu local de produção, chegando até lá pela corrente sanguínea, chamamos de atividade endócrina.

    ResponderExcluir